Química

rádio


Química de rádio

O rádio é um elemento químico altamente radioativo com o símbolo do elemento Ra e número atômico 88 do grupo dos metais alcalino-terrosos (2º grupo principal na tabela periódica). O rádio puro tem um brilho branco azulado brilhante, reage violentamente com a água e ácidos e tinge a chama intensamente de vermelho.

O elemento alcalino-terroso, rádio, foi descoberto pelo casal Curie em 1898 e posteriormente isolado e caracterizado pelo laborioso trabalho manual do pitchblende de Joachimsthal. Ocorre apenas em vestígios da natureza.

Visão geral: dados gerais sobre rádio

Descrição:rádioSímbolo:RaNúmero atômico:88Massa atômica:226.025409353 uPosição da tabela periódica:7º período, 2º grupo, 2º grupo principal, bloco s.Associação ao grupo:Metais alcalinos terrestres.Descoberta:1898 – Marie e Pierre Curie.Significado do nome:Latim: raio para feixe de luz, radiação (radioatividade).Nome inglês:rádioNúmero CAS:7440-14-4Chave InChI:HCWPIIXVSYCSAN-UHFFFAOYSA-N

O átomo de rádio

A característica de identificação para o átomo Ra – e portanto para o elemento rádio – é o número de prótons no núcleo atômico (número atômico ou número de prótons) e – no estado descarregado – o mesmo número de elétrons na camada atômica; este é 88 em cada caso e determina o número atômico, número atômico ou número atômico do rádio.

Os blocos de construção nuclear dos nêutrons garantem que haja diferenças nos núcleos atômicos do rádio com o mesmo número atômico. Esses tipos de átomos estão sob o termo Isótopos de rádio ou nuclídeos Ra combinados (dados de isótopos: veja lá).

Como todos os nuclídeos são instáveis, a massa atômica relativa geral do rádio é dada como 226, por convenção o valor do núcleo de vida mais longa.

Configuração de elétron

símbolo OZ forma curta 1s 2s 2p 3s 3p 3d 4s 4p 4d 4f 5s 5p 5d 5f 6s 6p 6d 6f 7s 7p
Ra 88 [Rn] 7s2 2 2 2 10 2 10 14º 2 10 2 2

Energias de ionização

A tabela a seguir lista as energias de ligação ou as energias de ionização IE de rádio, ou seja, a energia necessária em elétron-volts (eV) para separar um elétron específico de um átomo de Ra.

1. IE: 5,278423 eV 2. IE: 10.14715 eV 3. IE: eV 4. IE: eV 5. IE: eV 6. IE: eV

Energia de ligação de elétrons

A tabela a seguir lista as energias de ligação de elétrons dos elétrons de rádio individuais nos respectivos orbitais. Os valores são dados em elétron-volts (eV).

K LI LII LIII
1s 2s 2p1/2 2p3/2
103922 19237 18484 15444

MI MII MIII MIV MV
3s 3p1/2 3p3/2 3d3/2 3d5/2
4822 4490 3792 3248 3105
NI NII NIII NIV NV NVI NVII
4s 4p1/2 4p3/2 4d3/2 4d5/2 4f5/2 4f7/2
1208 1058 879 636 603 299 299
OI OII OIII OIV OV
5s 5p1/2 5p3/2 5d3/2 5d5/2
254 200 153 68 68
PI PII PIII
6s 6s1/2 6p3/2
44 19º 19º

Dados adicionais

Raio atômico:215 pm (empírico, de acordo com Slater)Raios covalentes:221 (14) (após Cordero et al.)
201 pm (em ligações simples, após Pyykkö et al.)
173 pm (em ligações duplas, após Pyykkö et al.)
159 pm (em ligações triplas, após Pyykkö et al.)
Raio de Van der Waals:200 pmVolume molar:41,09 cm3 mol-1Rendimento de fluorescência:ωK: 0,968; ωL1: 0,150; ωL2: 0,476; ωL3: 0,404Transições Coster-Kronig:F.12: 0,047; F.13: 0,62; F.23: 0,107

Linhas espectrais de rádio

A figura a seguir mostra um espectro de emissão de rádio com as linhas espectrais características na faixa de comprimento de onda visível entre 400 e 700 nm:

Linhas espectrais de rádio

Química do Rádio

Como o bário, o rádio é um metal altamente reativo e tem um estado de oxidação de + II. Para obter mais informações sobre a química do rádio: Veja em compostos de rádio.

Dados químicos

Potenciais padrão

Potencial normal de rádio:

E.0 (V) Nboi Nome Ox. Boi. e Vermelho. Nome vermelho. Nboi
-2,8 + II Cátion rádio Ra2+ + 2 e Ra (s) rádio 0

Propriedades materiais e físicas do rádio

A tabela a seguir lista alguns dados físicos e propriedades do material. Salvo indicação em contrário, os valores referem-se ao rádio-226.

Ponto de fusão:696 ° CEntalpia de fusão (molar):8,5 kJ mol-1ponto de ebulição:1737 ° CEntalpia de evaporação:136,8 kJ mol-1Capacidade de calor:(g) 20,8 J mol-1 K-1 (molar)Temperatura de Debye:89 KCondutividade térmica:18,6 W w-1 K-1Condutividade elétrica:1 × 10 A V-1 m-1Resistência elétrica:1 μnΩ m a 20 ° Cdensidade:5,5 g cm-3Módulos de elasticidade:13,2 GPa (Módulo Jovem)Módulo de compressão (isotérmico):13,2 GPa 300K estimadoCompressibilidade (isotérmica):0,076 GPa-1 300 K, estimadoEstrutura de cristal:Cúbico centrado no corpo – bccmagnetismo:não magnéticoEntalpia de formação padrão:0,0 kJ mol-1 (Sólido, cristal)
159,0 kJ mol-1 (gasoso)
Entalpia livre de Gibbs:130,0 kJ mol-1 (gasoso)Entropia molar padrão:71,0 J mol-1 K-1 (Sólido, cristal)
176,5 J mol-1 K-1 (gasoso)

Geoquímica, ocorrência, distribuição

O rádio ocorre apenas em quantidades extremamente pequenas na crosta terrestre. Devido à sua meia-vida curta, é constantemente aniquilado, mas também constantemente regenerado. O rádio ocorre como um produto intermediário nas cadeias de decomposição dos elementos radioativos naturais urânio e tório. Pequenas quantidades de rádio ocorrem em minérios de urânio, como a pechblenda (agora chamada de uraninita) e vários outros minerais de urânio – e em quantidades ainda menores em minerais de tório. Desta forma, cerca de 0,15 gramas de rádio podem ser obtidos a partir de uma tonelada de pechblenda. Um quilograma da crosta terrestre contém em média 900 picogramas e um litro de água do mar 89 femtogramas do elemento radioativo.

Um mineral natural de rádio é radiobaryte, (Ba, Ra) SO, que ocorre na República Tcheca (Jenikov-Lahost, região de Usti) e contém rádio na faixa por mil. Radiobaryte é provavelmente um dos minerais mais fortemente radioativos; já foram encontradas amostras com 31,8 MBq / g. As baritas com mais de 70 Bq / g são geralmente chamadas de baritas de rádio.

Crosta terrestre:0,0000009 mg kg-1 (ppmw, com base na massa)Água do mar:0,000000000089 mg L-1 (ppmw, com base na massa)

Literatura e Fontes

[1] – Prêmio Nobel de 1911:
Marie Curie: descoberta e trabalho nos elementos rádio e polônio.
Dentro: O Prêmio Nobel de Química, 1911.

[2] – Christoph Friedrich, Horst Remane:
Marie Curie: laureada com o Nobel de química em 1911 e descobridora dos elementos polônio e rádio.
Dentro: química Aplicada, 2011, DOI 10.1002 / anie.201008063.

Ofertas de informação externa



História sobre o tema / documentos históricos



Itens do grupo – informação



Conexões individuais



Síntese, fabricação, produção

Purificação de rádio
… para a produção de Actinium-225 no ciclotron para imunoterapia alfa. Dissertação, 2014. TU Munich – Formato: PDF



Análise e determinação

Rádio-228
Método para determinar a concentração de atividade do rádio-228 na água potável e subterrânea. BMU – Formato: PDF



mineralogia



Química Medicinal

Terapia com radionuclídeos
… de metástases ósseas usando rádio-223. Diretrizes.

Exposição à radiação
Folheto de exposição à radiação durante a terapia com dicloreto Ra-223 – Formato: PDF

Rádio milagroso
(…) o futuro agradecerá ao rádio em uma época de completa enfermidade. O rádio como medicamento milagroso medicinal no primeiro terço do século XX. Artigo, 2017


Categoria: elementos químicos

Atualizado em 13 de abril de 2020.



Source link

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo