Química

Einsteinium


Química de Einsteinio

Einsteinium – símbolo químico Es, número atômico 99 – é um elemento químico radioativo, apenas artificialmente acessível, branco prateado, de cristalização cúbica, metálico do grupo dos actinídeos, especialmente os elementos transurânicos. O metal radioativo foi detectado pela primeira vez em 1952, em conexão com testes de armas nucleares; mais tarde, vários nuclídeos de Einsteinium puderam ser sintetizados pelo bombardeio de nêutrons de elementos mais leves.

Visão geral: informações gerais sobre o Einsteinium

Descrição:EinsteiniumSímbolo:istoNúmero atômico:99Massa atômica:252.082979905 uPosição da tabela periódica:Actinóides, 7º período, bloco fAssociação ao grupo:Actinídeos, elementos transurânicos, metaisDescoberta:1952 – Laboratório Nacional Lawrence Berkeley, EUA.Significado do nome:Albert Einstein (físico 1879-1955).Nomes históricos:Athenium, Phoenicium (propostas rejeitadas).Ocorrência terrestre:Elemento químico radioativo artificial.Nome inglês:EinsteiniumNúmero CAS:7429-92-7Chave InChI:CKBRQZNRCSJHFT-UHFFFAOYSA-N

O átomo de Einsteinium

O átomo de Es – e, portanto, o elemento químico Einsteinium – é claramente definido pelos 99 prótons carregados positivamente no núcleo atômico. O mesmo número de elétrons garante o equilíbrio elétrico no átomo de Einsteinium sem carga.

Os blocos de construção nuclear dos nêutrons garantem que haja diferenças entre os núcleos atômicos. Esses tipos de átomos estão sob o termo Isótopos de Einsteinium ou nuclídeos de Einsteinium combinados (dados de isótopos: veja lá).

Configuração de elétron

símbolo OZ forma curta 1s 2s 2p 3s 3p 3d 4s 4p 4d 4f 5s 5p 5d 5f 6s 6p 6d 6f 7s 7p
isto 99 [Rn] 5f11 7s2 2 2 2 10 2 10 14º 2 10 11 2 2

Energias de ionização

A tabela a seguir lista as energias de ligação ou as energias de ionização, ou seja, a energia necessária em elétron-volts (eV) para separar um determinado elétron de um átomo de Einsteínio.

1. IE: 6,42 eV 2. IE: 12,0 eV 3. IE: eV 4. IE: eV 5. IE: eV 6. IE: eV

Energia de ligação de elétrons

A tabela a seguir lista as energias de ligação de elétrons dos elétrons individuais de Einsteinium nos respectivos orbitais. Os valores são dados em elétron-volts (eV).

K LI LII LIII
1s 2s 2p1/2 2p3/2
138396 26782 25865 20384

MI MII MIII MIV MV
3s 3p1/2 3p3/2 3d3/2 3d5/2
6981 6558 5259 4617 4368
NI NII NIII NIV NV NVI NVII
4s 4p1/2 4p3/2 4d3/2 4d5/2 4f5/2 4f7/2
1883 1683 1336 1029 965 564 546
OI OII OIII OIV OV
5s 5p1/2 5p3/2 5d3/2 5d5/2
434 357 255 142 127
PI PII PIII
6s 6s1/2 6p3/2
57 35 Dia 17

Dados adicionais

Raios covalentes:165 pm (em ligações simples, após Pyykkö et al.)
140 pm (em ligações duplas, após Pyykkö et al.)
Raio de Van der Waals:200 pmVolume molar:28,52 cm3 mol-1Rendimento de fluorescência:ωK: 0,972; ωL1: 0,253; ωL2: 0,497; ωL3: 0,570Transições Coster-Kronig:F.12: 0,03; F.13: 0,54; F.23: 0,196

Linhas espectrais do Einsteinium

A figura a seguir mostra um espectro de emissão do Einsteinium com as linhas espectrais características na faixa de comprimento de onda visível entre 400 e 700 nm:

Linhas espectrais de Einsteinium

Química do Einsteínio

Einsteinium é – como os outros actinídeos – um elemento reativo e é mais estável no estado de oxidação + III; o íon Einsteinium (III) produz uma tonalidade rosa claro nas soluções.

A existência de Es, incomum para actinídeos, também foi confirmada+2Cátion obtido pela redução do einstênio (III) com cloreto de samário (II).

O estado de oxidação + IV é postulado, mas ainda não foi comprovado.

Dados químicos

Propriedades materiais e físicas do Einsteinium

A tabela a seguir lista alguns dados físicos calculados ou determinados experimentalmente e propriedades do material do Einsteinium.

Ponto de fusão:860 ° Cponto de ebulição:996 ° CTemperatura de Debye:89 KCondutividade térmica:10 W w-1 K-1densidade:8,84 g cm-3Módulo de compressão (isotérmico):15 GPa GPa 300 KEstrutura de cristal:Centrado na área cúbica – fccConstantes de rede:a = 575 pmGrupo de espaço:Fm3mmagnetismo:paramagnético

A automutilação causada pela radioatividade do Einsteinium é tão severa que a estrutura cristalina é rapidamente destruída; a energia liberada durante este processo é de cerca de 1000 watts por grama 253Isso causa um brilho visível na amostra. Além da estrutura cristalina mencionada acima, há também um relato de Einsteinium hexagonal à temperatura ambiente com a = 398 pm ec = 650 pm, que muda para a fase fcc quando aquecido a 300 ° C [vgl. Haire, 1986].

Devido à pequena quantidade de amostras disponíveis, o ponto de fusão do Einsteinium foi obtido pela observação do aquecimento da amostra em um microscópio eletrônico. Portanto, os efeitos de superfície em pequenas amostras podem diminuir o ponto de fusão.

Literatura e Fontes

[1] – A. Ghiorso et al.:
Novos elementos Einsteinium e Fermium, números atômicos 99 e 100.
Dentro: Revisão Física, 1955, DOI 10.1103 / PhysRev.99.1048.

[2] – R. G. Haire:
Preparação, propriedades e alguns estudos recentes dos metais actinídeos.
Dentro: Jornal dos Metais Menos Comuns, 1986, DOI 10.1016 / 0022-5088 (86) 90554-0.


Categoria: elementos químicos

Atualizado em 02/02/2020.



Source link

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo