Notícias

Propriedades coligativas de soluções eletrolíticas, juntamente com fórmulas


Propriedade coligativa é uma propriedade encontrada em solução, onde esta propriedade não depende dos tipos de solutos ou outros componentes da solução. As propriedades coligativas das soluções são de dois tipos, a saber, as propriedades coligativas das soluções eletrolíticas e não eletrolíticas.

O material que será discutido desta vez é a natureza coligativa das soluções eletrônicas. Onde, a solução eletrolítica é definida como uma solução que pode conduzir corrente elétrica de maneira adequada. Na mesma concentração, as soluções eletrolíticas têm maiores propriedades coligativas do que as soluções não eletrolíticas. Isso porque essa solução possui um número maior de partículas.

Por exemplo, há uma diminuição no ponto de congelamento do NaCl que é maior do que o do composto de glicose. A solução de sal de cozinha (NaCl) é uma solução eletrolítica, enquanto a solução de açúcar é uma solução não eletrolítica. Isso é explicado por van’t Hoff, doravante referido como o fator van’t Hoff, que é uma comparação que existe nas propriedades coligativas de soluções eletrolíticas com soluções não eletrolíticas. Este fator é denotado por i (ionização).

Basicamente, esta solução eletrolítica é dividida em 2 tipos, nomeadamente soluções eletrolíticas fortes e fracas. Em eletrólitos fortes, os compostos ionizam completamente, enquanto em eletrólitos fracos os compostos são apenas parcialmente ionizados. Isso torna os cálculos para os dois tipos de soluções diferentes.

(Leia também: Compreendendo as propriedades coligativas das soluções)

Em soluções eletrolíticas, o grau de ionização é igual a 1 porque é totalmente ionizado, então a equação se aplica:

Queda na pressão de vapor ΔP = Xt . Po . eu

Diminuição do ponto de congelamento ΔTb = Kb . mt . eu

Pressão osmótica ΔTf = Kf . mt . eu

π = M.R.T.i

Considerando que em uma solução de eletrólito fraco, o composto não é totalmente ionizado de forma que o fator de van’t Hoff (i) = (1 + α (n – 1)). Para que a equação se aplique:

Queda na pressão de vapor ΔP = Xt . Po . (1 + (n – 1))

Aumento do ponto de ebulição ΔTb = Kb . mt . (1 + α (n – 1))

Diminuição do ponto de congelamento ΔTf = Kf . mt . (1 + α (n – 1))

Pressão Osmótica π = M.R.T. (1 + α (n – 1))

Com o Grau de Ionização

Exemplo de problemas:

Uma solução de sal feita de x gramas de NaCl (Mr = 59 g / mol) em 200 gramas de água tem uma pressão de vapor de 1 atmn a uma temperatura de 100,40C. Se Kb água = 0,50 C / molal, então o valor de x é… .grama.

Solução:

NaCl é um eletrólito forte (α = 1) com o número de íons n = 2, então i = n

ΔTb = Kb x x x i

100,4 – 100 = 0,5 x x x 2

0,4 = 0,5 x x 5 x 2

X = = 4,72 gramas

Siga-nos e curta-nos:





Source link

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo