Notícias

Política externa indonésia na era da reforma


Desde a época da independência, a Indonésia se estabeleceu e participou de várias atividades no cenário internacional. Abrir e construir relacionamentos com outras nações do mundo é um passo para mostrar a posição do país como parte da comunidade mundial. Isso inclui mostrar a direção da política externa.

Durante a Era da Reforma, a Indonésia recebeu muita atenção global, uma das quais foram os esforços do governo para tirar a Indonésia da zona vermelha da crise financeira. A forma como o governo indonésio na altura era implementando a política externa.

Durante o período da reforma, a política externa da Indonésia foi dividida em 4 períodos da administração do presidente, a saber, o reinado de BJ Habibie, o reinado de Abdurahman Wahid, o reinado de Megawati Soekarno Putri e o reinado de Susilo Bambang Yudhoyono. Então, como está organizado?

Reinado de BJ Habibie

Durante o reinado de BJ Habibie, a Indonésia naquela época estava muito ocupada em administrar e melhorar várias imagens no âmbito internacional que haviam sido destruídas pelo impacto da crise econômica e da inflação global durante a era da Nova Ordem. Sem mencionar que foram acrescentados os vários tipos de danos que ocorreram durante o período de votação contra a fuga de Timor-Timor da Indonésia.

(Leia também: Teoria da Influência do Budismo Hindu na Indonésia)

Com seus árduos esforços, a Indonésia pode atrair a simpatia dos Fundos Monetários Internacionais (FMI) e do Banco Mundial (Banco Mundial), para que a Indonésia possa desembolsar programas de ajuda e superar a crise econômica.

O reinado de Abdurahman Wahid

A política externa da Indonésia durante o reinado de Abdurahman Wahid ou conhecido como Gusdur, o contexto dos interesses nacionais foi centrado, além de buscar apoio para a recuperação econômica, uma série de visitas a países estrangeiros também foram direcionadas aos esforços para atrair apoio para superar conflitos domésticos, manter a integridade territorial da Indonésia e democratizar através de um processo de atuação. militar para retornar a uma função profissional.

O reinado de Megawati Soekarno Putri

A política externa indonésia durante a administração de Megawati dá mais atenção ao papel do DPR como a determinação da política externa e da diplomacia de acordo com a Constituição de 1945. Além disso, Megawati também dá grande prioridade à interconexão com a comunidade visitando áreas de conflito como Aceh. , West Irian, Maluku, Kalimantan e Nusa Tenggara.

O reinado de Susilo Bambang Yudhoyono

O papel de Susilo Bambang Yudhoyono é considerado muito grande na construção da política externa na Indonésia. Um deles é o sucesso na mudança de vários tipos de imagem da Indonésia e na atração de investimentos estrangeiros por meio da cooperação com diversos países.

A política externa indonésia, nessa época, era comparada a cruzar um mar com ondas altas que poderiam fazer a ponte entre duas grandes rochas. Isso ocorre porque a Indonésia desempenha um papel na ponte entre as partes que estão em apuros ou países em conflito.

Siga-nos e curta-nos:





Source link

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo