Notícias

O que você sabe sobre transformadores ou transformadores?

[ad_1]

Quase todas as casas nas áreas urbanas e rurais da Indonésia estão eletrificadas no momento. Com essa corrente elétrica, podemos usufruir de seus benefícios para assistir televisão, ajudando na realização de tarefas domésticas, como iluminação ou recarga de celulares.

Essa corrente elétrica vem da Companhia Estadual de Eletricidade ou PLN. A tensão gerada pelo PLN em geral pode chegar a dezenas a centenas de quilo Volts, mas para uso doméstico costuma ser reduzida para 220 Volts, como usamos hoje em dia, usando uma ferramenta chamada transformador ou transformador.

Um transformador é um dispositivo usado para converter uma baixa tensão alternada em uma alta corrente em uma alta tensão em uma baixa corrente. O transformador consiste em uma bobina primária e uma bobina secundária e um núcleo ou núcleo de material magnético. A bobina primária é conectada a uma fonte de tensão, enquanto a bobina secundária é conectada a uma resistência ou carga.

Transformador step-up

O transformador ou transformador elevador é um transformador usado para aumentar a tensão. Neste transformador, o número de voltas na bobina secundária é maior do que o número de voltas na bobina primária, portanto, a tensão gerada pela bobina secundária é maior do que a tensão primária. Se formulado da seguinte forma: N s > N p

(Leia também: Binóculos como instrumentos ópticos)

Então, V s > V p e eu s p

Transformador Step – Down

Em um transformador ou transformador abaixador, um transformador é usado para diminuir a tensão. O número de voltas na bobina primária neste transformador é maior do que o número de voltas na bobina secundária. Portanto, a tensão na bobina secundária é menor do que a tensão na bobina primária. Se formulado da seguinte forma N s p

Então, V s p e eu s > Eu p

Relação do número de voltas, tensão e corrente no transformador

A comparação do número de voltas com a tensão no transformador secundário ou primário pode ser expressa matematicamente pela seguinte equação:

Onde Vp é a tensão primária (volts), V é a tensão secundária (volts), Np é o número de espiras na bobina primária e Ns é o número de espiras na bobina secundária. Se não houver perda de energia no transformador, a energia que entra será igual à energia que sai.

W p = W s, porque W p = V p x I p x t, bem como W s = V s x I s x t, resultando na seguinte fórmula:

Na realidade não existe um transformador ideal para que a alimentação primária não seja igual à secundária. Isso significa que há perda de potência fazendo com que a eficiência do transformador seja inferior a 100%. A eficiência de um transformador que não é ideal pode ser calculada pela seguinte fórmula:

Onde está a eficiência do transformador (%), P p é a potência primária (watts) P ​​s é a potência secundária (watts).

Exemplo de problemas:

Um transformador tem uma bobina primária e secundária com um número de voltas de 250 e 500 respectivamente conectadas a uma rede com uma corrente alternada de 200 B. qual é a tensão de saída?

Discussão:

Dado: N p = 500

N s = 250

Vp = 200

Então, a tensão de saída ou tensão secundária é:

Siga-nos e curta-nos:



[ad_2]

Source link

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo