Notícias

Distribuição da Diversidade Cultural na Indonésia

[ad_1]

A Indonésia é um país rico em diversidade cultural. Isso pode ser visto pelo número de línguas regionais e artes tradicionais que são diferentes e únicas em cada região. A área que se estende de Sabang a Merauke é o que torna a Indonésia uma extraordinária diversidade cultural.

Em geral, a distribuição da diversidade cultural pode ser dividida por região. Onde, cada região tem sua própria singularidade e características que a diferenciam das demais regiões. Existem vários grupos étnicos e culturas importantes na Indonésia, incluindo as tribos javanesa, sudanesa, balinesa, batak, minang, nias, bugis e papua.

A região cultural javanesa ocupa toda a parte central e oriental de Java. A linguagem usada é karma javanês e ngoko javanês. A crença em geral está abraçando o Islã. Existem também aqueles que acreditam em um poder chamado poderes sobrenaturais, esta é uma crença nos espíritos dos ancestrais (ancestrais), objetos sagrados e espíritos dos espíritos. As roupas tradicionais são as roupas tradicionais de Solo, Surakarta e Yogyakarta.

Existem vários tipos de casas tradicionais, como a casa tradicional em Java Central é Joglo, enquanto Yogyakarta é a ala dourada. As danças encontradas na cultura javanesa são a dança Merak, a dança Kendalen, a dança Bedhaya, a dança Jejer, a dança Serimpi e assim por diante.

A região cultural sudanesa ocupa a área Pasundan de West Java. A linguagem usada na vida cotidiana é o sudanês. As crenças geralmente abraçam o Islã, mas nas áreas rurais ainda há muitas pessoas que acreditam em superstições de natureza sobrenatural.

As artes cênicas tradicionais incluem debus, wayang golek e tambores pencak. As danças tradicionais são a dança do pavão, a dança do jaipong, as patilaras.

O seu território ocupa a área montanhosa da Sumatra do Norte, a norte com fronteira com Aceh e a sul com as províncias de Riau e com as províncias de Sumatra Ocidental. O idioma usado é o idioma Batak com uma variedade de sotaques, por exemplo, Toba, Karo, Simalungun e Pakpak.

(Leia também: Vendo a influência da cultura Dongson na Indonésia)

As religiões comumente adotadas são o islamismo, o cristianismo, o catolicismo, o hinduísmo e o budismo. Existem três conceitos de espírito ou alma conhecidos pelos ancestrais Batak, a saber, Tondi, Sahala e Begu. Além disso, os bastões acreditam em tongkal, um talismã com poderes mágicos. A famosa arte tecida é o tecido ulos.

A região cultural de Nias ocupa a ilha de Nias e várias pequenas ilhas ao seu redor. A roupa tradicional masculina é chamada de baru oholu e para as mulheres é chamada de oroba si’oli. A casa tradicional da cultura Nias é chamada de Omo Sebua. A dança tradicional é uma dança de guerra ou dança foluaya. A tradição costumeira é a tradição de salto de pedra.

Cultura balinesa

Existem dois grupos de pessoas, nomeadamente Bali-Aga, que não é tão influenciado pela cultura hindu-javanesa e a cultura balinesa Majapahit, que é influenciada pela cultura hindu-budista. Crença que geralmente é hindu-balinesa, o conceito de crença é um conceito, um deus em um trimurti, ou seja, o deus criador (brahma), o deus da destruição (swiya) e o deus da proteção (vishnu) cujos ensinamentos estão contidos nas escrituras Veda.

O sistema de casamento é baseado na casta. A arte da construção pode ser vista da construção do templo, que é como um portão. As danças tradicionais balinesas são a dança kecak, dança em linha, dança barong, dança sanghyang. A famosa cerimônia tradicional é a cerimônia tradicional Ngaben, que é uma cerimônia de cremação.

A região cultural Dayak ocupa o interior de Kalimantan Central, Kalimantan Ocidental, Kalimantan Oriental e Kalimantan Sul. Eles são bons em fazer tecidos de algodão e casca de árvore, tecer peles de rattan em chapéus, cestas, esteiras e assim por diante.

Sua crença religiosa é kaharingan (água da vida). As roupas tradicionais para homens são chamadas de cawat (ewah), enquanto as mulheres usam roupas e sarongues. Todas as suas roupas são feitas de casca de árvore. A casa da tribo Dayak é chamada de casa longa. As danças típicas do Dayak são a dança do rio, a dança do tambun, a dança das dades Baleanas.

A cultura Minangkabau cobre toda a Sumatra Ocidental, exceto as ilhas Mentawai. Tradicionalmente, a área é dividida em dois grandes luhak ou pode ser referida como regiões ou distritos, ou seja, Tanah Datar, Agam e Lima Puluh Koto.

O Minangkabau tem uma língua tradicional distinta, nomeadamente a língua Minang ou conhecida como língua Padang. A palavra Minangkabau significa búfalo vencedor. As tribos em Minangkabau são Chaniago, Piliang, Malay, Jambak, Koto, Kuntianyie, Sikumbang e Tanjung.

  • Cultura Bugis-Makassar

Esta cultura cobre uma área de South Sulawesi dividida nas tribos Mandar, Bugis, Toraja e Makassar. A língua da tribo Bugis usada é a língua Ugi, enquanto a tribo Makassar é a língua Mangasara.

Na tribo Bugis, existem 2 crenças, nomeadamente o Islão e a crença no lotang, o que significa que se espalha a crença no deus sawwae que é considerado deus. Uma arte típica da tribo Bugis-Makassar é a tecelagem de tecidos de seda de Wajo e Mandar.

A região cultural da Papua cobre todo o território da Papua. Existem muitas tribos e tribos que são iguais às tribos aborígenes que são os povos indígenas da Austrália. As tribos com a maior população incluem Asmat, Dani, Arfak, Amungme, Ekari, Fayu, Kombay, Korowai, Koteka, Lani, Matbat, Meind, Mek, Wamesa, Yali, Wolani, Sawi e Bauzi.

Siga-nos e curta-nos:



[ad_2]

Source link

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo